November 2016 archive

Gervatone, o nosso panetone de fermentação natural.

OLAR, amigs!
( ͡° ͜ʖ ͡°)

O Gervatone, voltou! Depois daquele piloto sucesso, agora ele vai chegar para ficar no seu fim de ano.

panetone de fermentação natural

Para quem não conhece – ou não lembra – Gervatone é um panetone feito com o Gervásio, o levain multifacetas criado pela Genoveva (e pela Cíntia) e amadrinhado pela Nena (a Alê). O levain, ou fermento natural, é um processo que faz a fermentação do pão ser lenta e, por isso, muito mais saborosa.

Na nossa receita não tem essência de panetone. O sabor é dado por uma misturinha de frutas e goró. Ele também não leva nenhum tipo de conservante ou aditivo artificial. Por isso mesmo, já avisamos: não espere aquela massa dos panetones de supermercado que parece sempre molhada. Isso acontece exatamente pelos aditivos. 🙂 . Mas é garantido que você vai gostar muito mais dele que dos feitos em série, feito com amor e diversão e sob encomenda só para você.

As informações práticas:
Sabores: chocolate / frutas cristalizadas / damasco e uvas passas / pandoro (só massa). Edição especial e limitada – mini de jabuticaba (com geleia caseira feita pela Genô e pela Nena)
Tamanhos e preços: R$ 40 para o de 500 g / R$ 30 o pandoro de 500 g / R$ 15 o mini de qualquer sabor (lembrando que jabuticaba só tem mini e a quantidade é limitada)
Encomendas: devem ser feitas POR EMAIL até dia 30 de novembro de 2016
Pagamento: antecipados (sim, precisa MESMO para o planejamento das padeiras), até dia 10 de dezembro de 2016 também.

gervas4

Entregas: entre 8 e 20 de dezembro de 2016. Você pode retirar na Vila Mariana ou em Perdizes ou então combinar com a gente entrega – com pagamento a combinar. Enviamos pelo correio para o Brasil. Converse com a gente.
Durabilidade: como todo produto artesanal sem conservantes, a durabilidade varia conforme a temperatura e a umidade do ar. Depois de pronto, o Gervatone dura em média 15 dias fora da geladeira, um mês na geladeira e pode ser congelado por até três meses. Mas, primeiro: você não vai deixar durar tudo isso. E segundo: enquanto não mofar, pode comer 😉

Ficou alguma dúvida? Fala que o Gervas te escuta! Mande-nos um e-mail em: gervatonenatal@gmail.com ou pelo formulário de contato aqui do site

Um beijo no croissant de vocês <3

Gervas, Genoveva e Nena